Iniciativas que me ajudaram !

Quando comecei a pedalar pela babilônia cinza, eu sabia o suficiente para bater o portão e pedalar, mas ainda carecia de muita maturidade e traquejo para enfrentar o trânsito e a nova rotina que eu me propunha.

Eu pegaria trajetos longos e com tráfego intenso. A bicicleta poderia quebrar. Eu poderia me perder.

Eu precisava de um upgrade no meu pacote básico ciclista iniciante I. E fui buscar esses “widgets” do pedal. Encontrei diversas iniciativas e pessoas que me ajudaram nesse início e hoje ainda são referência para mim como iniciativas pouco burocráticas e gratuitas para ajudar quem quiser conhecer o universo bicicleta, e de vários ângulos.

No fim do texto eu relaciono os contatos e infos necessárias pra conhecer essas iniciativas*

Bike Anjo 

Conheci a iniciativa através de buscas infinitas no google sobre como andar de forma segura, como traçar rotas, como me portar no trânsito. Me inscrevi no site e aguardei…grande demanda, e nesse meio tempo, fui me atrevendo sozinha. Logo no início dos meus pedais, uma fatalidade acontece com uma ciclista na Paulista, fato esse que me deu muito receio de continuar….conheci via twitter o Bike Reporter Felipe (oi Felipe!), e ele me indicou um bike anjo que morava perto da minha residência e poderia me ajudar. Ajudar? o cara salvou minha pátria🙂

Nesse dia, minha ansiedade foi imensa, porque pedalar eu já estava pedalando, mas convenhamos que pedalar na Avenida Ibirapuera logo de início foi um desgraçado debut ciclista. O anjo Alexandre me buscou perto de casa e não somente me ensinou a traçar trajetos, mas também como bem sinalizar, como não me intimidar com buzina, aperto, a saber o meu lugar nesse sistema que é o trânsito. Nunca vou me esquecer que em uma subida, eu asmática  estava quase descendo da bike e ele me empurrou e ainda pedalando, me ajudou a subir e não desistir. Coisas de anjo.

Mamãe na oficina aprender a pedalar do Bike Anjo

Mamãe na oficina aprender a pedalar do Bike Anjo

Além do bike anjo que ajuda nos trajetos, também tem a oficina “Aprender a pedalar“. Muitos adultos têm receio em dizer que não sabem andar de bicicleta. Existe um constrangimento, que deve ser similar ao meu quando digo que não sei (e nem sei quando saberei) dirigir. Como se eu tivesse que nascer com pedais nos pés.. pff…  

Minha mãe Nair aprendeu a pedalar em uma dessas oficinas na Praça Vegana, Felizmente, eu tenho o registro dessa linda tarde, onde meu amigo Wesley também realizou esse desejo.

Bike Bus

Saber pedalar eu já sabia, pedalar no trânsito também, mas porque não fazer isso de forma mais segura ainda? compartilhar trajetos, experiências e ainda assim dar risada e voltar para casa fazendo novos amigos. Isso foi o Bike Bus no meu dia a dia. O Bike Bus aqui em São Paulo é iniciativa trazida por dois favos de mel, o Rafael Stucchi e Tom Buser, que pesquisaram o movimento em outros lugares do mundo (Sidney, Tolouse etc) e trouxeram para nossa cidade essa idéia e prática. Bike BusAssim que eu vi o convite no facebook eu me animei muito, e muito embora o trajeto fosse uma alternativa até que mais demorada pro meu retorno para casa, as poucas (e valiosas) vezes que peguei o “bus” com os meninos, foram memoráveis. É mais uma dessas iniciativas que me cativou pelo atendimento pontual da demanda, pela agilidade no contato, pela simples mas não menos sofisticada forma de pedalar em segurança na cidade.

Me recordo até da idéia de ter camisetas e bandeirinhas. Eu bem baderneira pensei até em fazer aniversários no “fretado” bike bus. Quando eu voltar a fazer o trajeto, prometo incensar essas iniciativas. Mas, em resumo, o que fica dessa iniciativa para mim é o jeito dialogado, responsável e atencioso dos meninos durante o trajeto, o que dá segurança para quem tá indo junto.

Aqui fica o link do dia em que o Jornal do SBT marcou com eles, e nesse dia outros ciclistas foram entrando no bus. Foi extremamente divertido, e sem montagem, nós chegamos MUITO antes do carro dos jornalistas.

Mão na Roda

Mas os imprevistos podem acontecer! e irão, acredite. Desde o ranger de algo que você não faz idéia do que seja, até o temido pfssssssss do pneu dizendo “vou te atrasar”. E como lidar? nem sempre tem uma bicicletaria próxima… e mesmo que tenha, se você chegar com cara de estar montando algo que você sabe apenas que se chama bicicleta, corre o risco de te dizerem que seu motor pifou.

Eu intentava humildemente saber o nome das peças e perder o medo de ver tudo desmontar na minha mão…com um pouco de lógica e calma, era possível tornar a máquina harmônica (de novo). E trocar pneu era coisa fina, era só aprender. Aprendi. A Mão na Roda é uma oficina comunitária da Ciclocidade, e é um espaço para chegar, arrumar a magrela, conhecer outras e trocar idéia.

Banner Oficina Mão na Roda

Alías, por essas e por muitas muitas outras, obrigada Talita, você me levou a primeira vez na Mão na Roda, me ensinou a mexer na bike, montou a Brigitte e as infinitas dicas por email que você pacientemente sempre me deu. Obrigada mesmo.

É um ambiente muito convidativo, além de possuir uma infra legal para mexer na sua bike de forma gratuita, sempre que precisei tinha alguém pra me dar dica, me ajudar a meter a mão na graxa, uma caldinho cheiroso e bebida gelada. Não só pelo lado prático da reforma, mas pela interação mais aproximada com pessoas que eu quase sempre passava na rua durante os pedais.

Serviço

  • Bike Anjo – http://bikeanjo.com.br/ . Solicite o seu anjo através do formulário
  • Oficina Aprender a pedalar – Todo último domingo do mês, as 15h. http://bikeanjo.com.br/2013/01/15/escolabikeanjosp/
  • Mão na Roda – http://www.ciclocidade.org.br/maonaroda/mao-na-roda/

2 pensamentos sobre “Iniciativas que me ajudaram !

    • Que lindo!puxa vida, fiquei lisonjeada! O Bike Anjo é uma iniciativa mega legal, me ajudou muito e ajuda muitos outros ciclistas!! vida longa ao projeto lindo de vcs!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s